TELEINTERCONSULTA

O Teleinterconsulta da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande – MS e em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz foi implementado em março/2020 com o objetivo de ser um canal de atendimento da população para diagnóstico, dúvidas e orientações sobre os sinais e sintomas do novo coronavírus (COVID-19).

   O Teleinterconsulta é realizado por uma equipe multiprofissional composta por médicos, enfermeiros, cirurgiões-dentistas, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, devidamente capacitados para a realização do cuidado remoto da população. A equipe do teleconsulta também realiza a vigilância do cuidado dos pacientes que receberam o diagnóstico da doença, apoiando no monitoramento dos casos e identificando sinais de gravidade para os pacientes em isolamento domiciliar.
   “A intenção é facilitar o acesso e otimizar a assistência prestada. Assim a gente evita que esse paciente que eventualmente esteja com algum sintoma gripal, como febre, dor de cabeça ou coriza, por exemplo, se desloque até as unidades de saúde, colocando a sua segurança e de outras pessoas em risco”, explicou o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.

   Com uma média superior a 50 ligações/diárias, o teleconsulta já realizou mais de 3000 atendimentos de março até junho/2020 e é mais uma estratégia de combate ao COVID-19 do município de Campo Grande – MS.

Serviço de Teleinterconsulta
SESAU/Fiocruz - Campo Grande/MS
Uma estratégia de enfrentamento ao COVID-19

Relatório